Um quarto dos filhotes é vendido antes da hora certa

Em um estudo cuja proposta é acompanhar cães ao longo de suas vidas revela-se uma conduta equivocada no início da jornada deles, ou seja, no momento em que o filhote é retirado da mãe.

De acordo com uma pesquisa sobre o bem-estar animal do Dog Trust Generation Pup, a cada quatro pessoas que compram filhotes, uma levou o pet pra casa antes de ele completar oito semanas. Os pesquisadores estão acompanhando os estágios de vida de uma geração de cachorros que foi separada de suas mães antes das oito semanas com o objetivo de investigar como o meio ambiente, a interação social, a dieta e os exercícios podem impactar o desenvolvimento desses animais em longo prazo.

Generation Pup é o primeiro estudo que acompanha filhotes de qualquer raça durante toda a sua vida. O estudo ocorre no Reino Unido e na Irlanda, e donos de filhotes com menos de 16 semanas, residentes dessas regiões, podem se registrar para colaborar com a pesquisa.

Dos 1844 cachorros que estão participando do estudo, 25% foram adquiridos antes das oito semanas, idade mínima recomendada para separar os filhotes de suas mães. Além disso, contrariando o conselho das organizações dos médicos veterinários do Reino Unido, 8% das pessoas que fizeram a compra não viram os animais perto de suas mães.

Acesse o site para conhecer o projeto:

Generation Pup


Compartilhe este post

Posts relacionados

Entendendo melhor o comportamento do seu gato

Entendendo melhor o comportamento do seu gato

Com a evidência de que a população de gatos está crescendo, aumenta também a procura por informações confiáveis que ajudam os tutores a entender melhor o comportamento dos gatos.


Alimentamos nossos animais com ração Premier